1

NOTÍCIAS JURÍDICAS – DERCCA INVESTIGA HOMICÍDIO E ESTUPRO DE VULNERÁVEL CONTRA CRIANÇA NO MARABAIXO IV.

A sociedade Macapaense foi assolada nesta manhã de quarta-feira, dia 01/12/2021, com a notícia do homicídio da estudante do 6º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Helenize Walmira Dias dos Santos, K.B.M, de 12 anos, que foi encontrada morta na noite de terça-feira (30) em uma área, perto da rua Sol Nascente, no bairro Marabaixo IV, zona oeste de Macapá.

 

Inicialmente, apurou-se à polícia que Karoline saiu de casa para ir uma mercearia perto de sua casa, e não retornou, o que gerou preocupação em sua irmã.

 

Após buscas pela irmã e vizinhos, encontraram o corpo da vítima, com sinais de violência sexual e cortes em seu pescoço que levaram a sua morte.

 

A investigação teve início na Delegacia de Mulheres, pela Delegada Sandra Dantas, que na manhã desta quarta-feira, repassou o caso ao  Delegado Ronaldo Entringe, titular da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Praticados Contra a Criança e Adolescente (Dercca),  assumiu oficialmente o comando das investigação, por se tratar de atribuição desta delegacia especializada.

 

Na Delegacia das Mulheres, a Delegada Sandra Dantas determinou as providencias de praxe para início das investigações, requisitando os exames periciais, visando elucidar o mais rápido possível esse crime. 

 

Foi divulgado o telefone da Dercca – Denúncia (96) 98429-4876, para, com ajuda da população, com fornecimento de informações, que possam levar ao descobrimento da autoria desse crime bárbaro. 

 

 




NOTÍCIAS JURÍDICAS – INSCRIÇÕES ABERTAS – CONCURSO – POLÍCIA CIVIL DO MATO GROSSO DO SUL.

Atenção!

Quer ser DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL do Estado de Mato Grosso do Sul?

Você tem até o dia 18.11.2021 para fazer a sua inscrição no site da Banca Organizadora FAPEC

 

Vejas as principais informações sobre o Concurso Público para diversos cargos, inclusive para Delegado de Polícia do Estado de Mato Grosso do Sul:

 

CARGO VAGAS SALÁRIO
Perito Papiloscopista         42        R$ 4.527,80
Agente de Polícia Científica    36        R$ 4.527,80
Perito Oficial Forense – Perito Criminal           75          R$ 7.377,66
Perito Médico-Legista          53          R$ 7.377,66
Perito Médico-Legista      30     R$ 17.014,18

 

Requisitos para os cargos acima:

Papiloscopista: curso superior em nível de Graduação (exclusivamente bacharelado), em qualquer área do conhecimento;

Agente de Polícia Científica: curso superior em nível de graduação, em qualquer área do conhecimento;

Perito Criminal: curso superior em nível de graduação (exclusivamente bacharelado) em Análise de Sistemas, Engenharia da Computação, Ciências da Computação; Biologia; Engenharia Ambiental, Engenharia Agrícola, Engenharia Agronômica ou Engenharia Florestal; Engenharia Civil; Engenharia Mecânica; Engenharia Elétrica ou Engenharia de Telecomunicações; Engenharia Química ou Química; Engenharia de Materiais; Farmácia; Física e Medicina Veterinária;

Perito Médico-Legista: curso superior em nível de graduação em Medicina;

Delegado: curso superior em nível de graduação em Direito.                                  

 

Informações para o Cargo de Delegado de Polícia

 

SALÁRIO

Segundo o Edital, a remuneração inicial será de R$ 17.014,18 (dezessete mil, quatorze reais e dezoito centavos).

 

QUANTIDADE DE VAGAS

Ainda, o certame destina-se ao provimento de visa o preenchimento de 30 (trinta) vagas para a categoria funcional de Delegado de Polícia.

CARGO VAGAS
DELEGADO DE POLÍCIA
30

 

 

PERÍODO DE INSCRIÇÃO

As inscrições serão realizadas exclusivamente via Internet no período compreendido entre as 10 horas do dia 26 de outubro às 23 horas e 59 minutos do dia 18 de novembro de 2021, devendo o interessado acessar o site da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura – FAPEC

 

PROVA OBJETIVA                   

DIA 04.12.2021.

 

TAXA DE INSCRIÇÃO

O valor da  inscrição  foi estipulado em R$ R$ 340,48 (trezentos e quarenta reais, quarenta e oito centavos).

 

DAS ETAPAS DO CERTAME

O Concurso Público para o provimento do cargo de Delegado de Polícia será composto pelas seguintes fases sucessivas e escalonada

 

Fase I: Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

Fase II: Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; 

Fase III: Avaliação MédicoOdontológica, de caráter unicamente eliminatório; 

Fase IV: Avaliação de Aptidão Física, de caráter exclusivamente eliminatório;

Fase V: Avaliação Psicológica, de caráter unicamente eliminatório;

Fase VI: Prova de Títulos, de caráter unicamente classificatório;

Fase VII: Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório, da qual participarão apenas os candidatos considerados aprovados nas fases I, II, III, IV e V;

Fase VIII: Curso de Formação Policial, de caráter eliminatório e classificatório, do qual participarão apenas os candidatos aprovados na Fase VII, de acordo com a respectiva classificação preliminar obtida, observado o que estabelece o subitem 12.2 deste Edital;

Fase IX: Investigação Social, de caráter unicamente eliminatório, e que se estenderá
desde a inscrição do candidato no Concurso Público até sua eventual nomeação.

 

DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS

Principais observações quanto à PROVA OBJETIVA

A Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada no município de Campo Grande, em data, horário e locais a serem divulgadas por meio de edital próprio, para a qual serão convocados todos os candidatos regularmente inscritos no Certame.

A Prova Escrita Objetiva terá duração de 5 (cinco) horas, e será realizada na data provável de 4 de dezembro de 2021, no período vespertino.

A Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será avaliada de 0,00 (zero) a 100,00 (cem) pontos, e constará de 100 (cem) questões de múltipla escolha, cada qual contendo 5 (cinco) alternativas, sendo uma única alternativa correta, integrando as matérias especificadas no quadro a seguir.

 

 

Será considerado aprovado na Prova Escrita Objetiva o candidato que,
cumulativamente:


a) obtiver, no mínimo, 50% do total de pontos estabelecidos para o Grupo 1;

b) obtiver, no mínimo, 60% do total de pontos estabelecidos para o Grupo 2;

c) obtiver, no mínimo, 70% do total de pontos estabelecidos para o Grupo 3.

Consta do Edital que se o candidato não atender aos critérios de avaliação estabelecidos em cada grupo, estará automaticamente eliminado do Concurso Público.

 

PROVA DISSERTATIVA                      

DIA 09.01.2022

 

A Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada no município de Campo Grande, em data, horário e locais a serem divulgadas por meio de edital próprio, para a qual serão convocados apenas os candidatos que tenham sido aprovados na Prova Escrita Objetiva.

A Prova Escrita Discursiva terá duração de 5 (cinco) horas, e será realizada na data provável de 9 de janeiro de 2022.

A Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, abordará as matérias de:

Direito Penal

Direito Processual Penal

Direito Constitucional

Direito Administrativo

Legislação Institucional

Será valorada de 0,00 (zero) a 100,00 (cem) pontos, sendo composta de 04(quatro) questões dissertativas cuja resposta estará limitada a, no máximo, 25 (vinte e cinco) linhas cada, e a elaboração de uma PEÇA PROFISSIONAL, limitada até 90 (noventa) linhas

 

DA PROVA ORAL

A Prova Oral abordará as matérias de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito
Constitucional, Direito Administrativo, e Legislação Institucional, observado o conteúdo programático estabelecido no Anexo I deste Edital, e será valorada de 0,00 (zero) a 100,00 (cem) pontos.

Será considerado aprovado na Prova Oral o candidato que obtiver média igual ou superior a 70 (setenta) pontos. 

 

Para Download do EDITAL – CONCURSO PÚBLICO 2021 – POLÍCIA CIVIL DO MATO GROSSO DO SUL

 

Bons Estudos !




NOTÍCIAS JURÍDICAS – CONCURSO PÚBLICO – 62 VAGAS PARA DELEGADO DE POLÍCIA DE MINAS GERAIS.

Atenção!

Quer ser DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL do Estado de Minas Gerais?

Você tem até o dia 09.11.2021 para fazer a sua inscrição no site da Banca Organizadora do Concurso: Banca Organizadora Fumarc

Vejas as principais informações sobre o concurso para Delegado de Polícia do Estado de Minas Gerais:

 

SALÁRIO

Segundo o Edital, o  vencimento  inicial  para  o  cargo  de  Delegado  de  Polícia  Substituto,  Grau  A,  corresponde  a  R$  12.967,43  (doze  mil, novecentos e sessenta e sete reais e quarenta e três centavos).

 

QUANTIDADE DE VAGAS

Ainda, o certame destina-se ao provimento de 62 (sessenta e duas) vagas para Delegado de Polícia Substituto.

 

CARGO QUANTIDADE DE VAGAS SALÁRIO
DELEGADO DE POLÍCIA 62 R$ 12.967,43

 

PERÍODO DE INSCRIÇÃO

A inscrição tem início a partir das 9h do dia 11.10.2021021 até às 23h59min (horário de Brasília) do dia 9 (nove) de novembro de 2021.

As inscrições deverão ser efetivadas exclusivamente por meio da internet nos endereços eletrônicos:

Polícia Civil do Estado de Minas Gerais

Banca Organizadora Fumarc

 

TAXA DE INSCRIÇÃO

O valor da  inscrição  foi estipulado em R$  210,00  (duzentos  e  dez  reais).

 

DAS ETAPAS DO CERTAME

Provas de Conhecimentos:

Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Prova Dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório.

Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório.

Exames Biomédicos e Biofísicos, de caráter eliminatório.

Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório.

Provas de Títulos, de caráter classificatório.

Investigação Social, de caráter eliminatório.

 

DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS

Principais observações quanto à PROVA OBJETIVA

A Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada em Belo Horizonte, e terá duração mínima de 2h e máxima de 4h30min, sendo aplicada na data provável de 19 de dezembro de 2021, no turno da manhã.

O candidato somente poderá sair do recinto de realização das provas objetivas decorridos 2h do início da aplicação das mesmas.

A Prova  de  Conhecimento  Objetiva  constará  de  70  (setenta)  questões  de  múltipla-escolha,  cada  uma  com  04  (quatro)  alternativas  de respostas, existindo apenas uma resposta correta.

Edital:

a) 10 questões de Direito Administrativo.

b) 10 questões de Direito Civil.

c) 10 questões de Direito Constitucional.

d) 10 questões de Direito Penal.

e) 10 questões de Direito Processual Penal.

f) 05 questões de Direitos Humanos.

g) 10 questões de Medicina Legal.

h) 05 questões de Noções de Criminologia.

Cada questão da Prova Objetiva valerá 1 (um) ponto. Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que obtiver o mínimo de 60% (sessenta por cento) das respostas corretas.

Será eliminado do certame o  candidato que obtiver nota inferior  ao  equivalente a 20% das questões em qualquer uma das disciplinas descritas acima,  ainda  que  no  somatório  final  da  nota  obtenha  índice  igual  ou  superior  a  60%  (sessenta  por  cento)  das  respostas corretas.

 

DA PROVA DISSERTATIVA

A  Prova  Dissertativa,  de  caráter  eliminatório  e  classificatório,  será  realizada  em  Belo  Horizonte,  e terá  duração  mínima  de  2h  (duas horas) e máxima de 4h (quatro horas), em data a ser divulgada quando da publicação do Resultado Final da fase anterior.

Somente  serão  convocados  para  a  Prova  Dissertativa  os  620  (seiscentos  e  vinte)  candidatos  de  melhor  pontuação,  dentre  estes  já incluídos os 62 (sessenta e dois) candidatos com deficiência.

Os locais e hora de realização da Prova Dissertativa estarão disponíveis para consulta na internet no mínimo 05 (cinco) dias antes da data de sua realização, nos endereços eletrônicos:

Polícia Civil do Estado de Minas Gerais

Banca Organizadora Fumarc

O candidato deverá comparecer ao local de realização da prova, adequadamente vestido, com antecedência mínima de 1h do horário previsto para o início das provas, munido de caneta esferográfica ponta grossa, fabricada em material transparente (tinta azul ou preta) e do original do Documento Oficial de Identidade com foto, indicado no ato de inscrição.

Ao terminarem as provas os candidatos deverão se retirar imediatamente do local, não sendo permitido a utilização dos banheiros.

Os  3  (três)  últimos  candidatos  somente  poderão  deixar  a  sala  de  realização  das  provas  juntos,  após  procederem  com  os  Fiscais  a conferência  e o correto armazenamento das Folhas de Respostas, além de assinarem a Ata de Sala  atestando a idoneidade da aplicação das provas.

A prova constará de questões dissertativas sobre o conteúdo dos programas previstos no Anexo I, referentes às seguintes disciplinas:

a) Direito Administrativo.

b) Direito Constitucional.

c) Direito Penal.

d) Direito Processual Penal.

A  Prova  Dissertativa  valerá  40,00  (quarenta)  pontos  e  consistirá  de  02  (duas)  questões  por  cada  disciplina  prevista  no  item  4.2.4, valendo cada questão 5 (cinco) pontos.

As questões deverão ser respondidas em até 20 (vinte) linhas.

 

DA PROVA ORAL

Somente serão convocados para a Prova Oral os 186 (cento e oitenta e seis) candidatos de melhor pontuação, somando-se os pontos obtidos nas Provas Objetiva e Dissertativa, dentre estes já incluídos os 19 (dezenove) candidatos com deficiência.

Para Download do EDITAL – CONCURSO 2021 – DELEGADO DE POLÍCIA MINAS GERAIS

 

Bons Estudos !




NOTÍCIAS JURÍDICAS – POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ – PORTAL DE NOTÍCIAS G1 – ESTUPRO DE ADOLESCENTE HOMEM EM CLÍNICA DE REABILITAÇÃO – 4 HOMENS FORAM INDICIADOS.

Foi publicado no Portal de Notícias G1, in verbis:

 

Quatro homens, de 21, 39, 40 e 50 anos de idade, foram indiciados pela Polícia Civil do Amapá pelo crime de estupro de vulnerável contra um adolescente de 17 anos. A violência sexual aconteceu dentro de uma clínica de reabilitação em Macapá. Tanto os investigados, quanto a vítima eram pacientes no local.

Para ler a reportagem completa, basta clicar no link: Canal de Notícias G1

 




NOTÍCIAS JURÍDICAS – PRISÃO EM FLAGRANTE – HOMICÍDIO DE CRIANÇA DE 9 ANOS DE IDADE – MACAPÁ – AP.

A Polícia Civil, por intermédio do Delegado José Neto, titular da 9ª Delegacia de Polícia da Capítale e de sua equipe de investigadores, efetuou, na tarde da segunda-feira, 20.09.2021, a prisão em flagrante de um dos suspeitos de envolvimento no homicídio de um menino de 9 anos, no bairro Marabaixo 4, zona oeste de Macapá.

A investigação, conduzida pela Dercca, a cargo do Delegado Titular Ronaldo Entringe, continua visando identificar o autor dos disparos de arma de fogo que atingiram a criança.

Para ler a resportagem completa, basta clicar no link abaixo:

Portal do Governo do Estado do Amapá

 

 

 




NOTÍCIAS JURÍDICAS – Delegado Ronaldo Entringe – DEBATE SOBRE CRIMES SEXUAIS CONTRA CRIANÇA E ADOLESCENTE – REDE RECORD – AGENDA AMAPÁ.

Nesse sábado, 21 de agosto de 2021, o Delegado Ronaldo Entringe, titular da Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes praticados Contra a Criança e Adolescente (DERCCA), participou de um debate sobre os crimes sexuais contra Criança e Adolescente, no Programa Agenda Amapá (TV Equinócio) da Rede Record de Televisão.

Cidadão, para realizar denúncia de crime praticado contra criança ou adolescente, procure a Delegacia de Polícia mais próxima da sua residência e registre um boletim de ocorrência.

Delegado Ronaldo Entringe no Pragrama Agenda Amapá da Rede Record.

 

FONTE:

Polícia Civil do Amapá – Facebook

Polícia Civil do Amapá – Instagram




NOTÍCIAS JURÍDICAS – DERCCA – PRISÃO TEMPORÁRIA – HOMEM É PRESO POR ESTUPRO DE 2(DOIS) MENINOS EM MACAPÁ.

Nessa segunda-feira, 12, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Criança e Adolescente (DERCCA), cumpriu mandado de prisão temporária de um homem de 43 anos de idade, acusado pela prática do crime de estupro de vulnerável.

 

Após várias incursões dos Policiais Civis em busca de prender o acusado, ele recebeu voz de prisão na DERCCA, no momento em compareceu espontaneamente.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, no dia 1° desse mês, um menino de 10 anos de idade, saiu de casa pela manhã para comprar pão em uma padaria localizada no Conjunto São José e foi vítima do acusado.

 

“Ao sair da padaria, a criança foi abordado por um homem desconhecido, que lhe pediu ajuda para levar umas madeiras até um determinado terreno. Chegando ao local, um terreno baldio onde tem uma casa abandonada, o acusado estuprou o menino. Ao retornar pra casa, cerca de uma hora depois, os pais o questionaram o motivo da demora e o menino contou o que havia acontecido. Os pais registraram um boletim de ocorrência e instaurei um inquérito policial para apurar o fato. Representei pela prisão temporária do acusado, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário. Fizemos várias incursões para capturá-lo, mas não conseguimos localizá-lo. Hoje, ele compareceu à DERCCA e recebeu voz de prisão”, explicou o Delegado.

 

Ronaldo Entringe Delegado de Polícia Titular da Dercca

 

O Delegado explicou ainda que, a família da vítima conseguiu imagens das câmeras de segurança de algumas casas, que confirmaram o trajeto feito pelo acusado e pela criança no dia do crime. Essas imagens foram divulgadas em redes sociais e outra criança, de 11 anos de idade, reconheceu o acusado como sendo a pessoa que tentou lhe abusar sexualmente, em abril desse ano.

 

“Essas imagens foram divulgadas em redes sociais pela família da vítima para que, se alguém viesse a reconhecer o acusado, pudesse denunciar o seu paradeiro. Ao assistir aos vídeos, um menino disse à mãe que o homem que aparecia ali era o mesmo que havia o levado a uma casa e tentado abusar dele. O menino começou a gritar e ele trancou a criança num dos cômodos da casa abandonada. Em seguida, a criança conseguiu fugir. As duas crianças relataram o mesmo ‘modus operandi’ do acusado, inclusive, ele oferecia dinheiro e aparelho celular para que as crianças não gritassem ou contassem a alguém”, finalizou o Delegado.

O acusado, já cumpriu pena no Iapen pela prática do mesmo crime, será indiciado por estupro de vulnerável em relação às duas crianças. O Delegado irá representar ao Poder Judiciário pela conversão da prisão temporária do acusado em prisão preventiva.

 

FONTE: Polícia Civil do Amapá




NOTÍCIAS JURÍDICAS – DERCCA – INDICIAMENTO DE 3 HOMENS POR DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA CONTRA SUAS EX-MULHERES.

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DERCCA), indiciou três homens por denunciação caluniosa.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, os três indiciados registraram boletim de ocorrência informando que, as mães tinham abandonados os filhos. Porém, durante as investigações restou comprovado que os indiciados fizeram o registro com o objetivo de prejudicar as ex-companheiras, para conseguirem a guarda unilateral dos filhos e deixarem de pagar a pensão alimentícia.

 

“Esses três indiciados fizeram denúncias falsas com objetivos semelhantes, para obterem vantagem junto ao processo judicial de guarda e pensão alimentícia dos filhos. Ao constatar que as denúncias não procediam, os indiciei por denúncia caluniosa”, explicou o Delegado.

RONALDO ENTRINGE, Delegado Titular da Dercca, Macapá

O Delegado disse ainda que há vários crimes graves a serem apurados e essas denúncias falsas fazem os policiais perderem tempo.

Os procedimentos foram encaminhados à Justiça.

FONTE: Polícia Civil do Amapá




NOTÍCIAS JURÍDICAS – POLÍCIA CIVIL – DERCCA – PRENDE AS MÃES DAS 7 CRIANÇAS QUE SOFRIAM MAUS-TRATOS.

Nessa sexta-feira, 2, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Criança e Adolescente (DERCCA), prendeu duas mães, acusadas pelos crimes de cárcere privado, maus-tratos, abandono de incapaz, abandono intelectual de incapaz, subtração de incapaz e coação no curso do processo.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, no dia 4 de junho, o Conselho Tutelar da zona oeste de Macapá recebeu uma denúncia anônima de que havia crianças em situação de maus-tratos em uma residência, localizada no bairro Marabaixo IV. Ao chegar ao local, o Conselheiro Tutelar e sua equipe, juntamente com policiais militares, constataram a veracidade das denúncias.

 

“O Conselho Tutelar encontrou a casa trancada com cadeado pra fora, sendo necessário usar uma serra para abrir o portão. Dentro da casa, sete crianças e uma adolescente foram encontradas. A casa tinha muito lixo e não tinha energia, água e comida, ou seja, eles estavam com fome, sede e sem roupas. As sete crianças, que tem entre um e sete anos de idade, e a adolescente de 14 anos de idade, foram encaminhados à casa de acolhimento”, explicou o Delegado.

 

RONALDO ENTRINGE, Delegado Titular da Dercca, Macapá

 

Um inquérito policial foi instaurado e, de acordo com testemunhas, por várias vezes, as crianças ficavam sem roupas na rua até tarde da noite e, certa vez, quase uma delas, foi vítima de um acidente de trânsito. Os vizinhos ouviam choros, gritos e as crianças sempre pediam água e comida. Além disso, há relatos de que as acusadas faziam programas sexuais.

 

“Além do que foi relatado pelas testemunhas, verificamos que elas deixaram de matricular os filhos na escola e, por isso, também responderão por abandono intelectual de incapaz. Representei pelas prisões preventivas das mães, pois no curso das investigações, uma assistente social me relatou que foi ameaçada por elas através de gestos e outra assistente social foi seguida por uma mulher, a qual foi vista com as acusadas. Com isso, elas praticaram o crime de coação no curso do processo. Além disso, há relatos que elas fazem parte de uma organização criminosa”, finalizou o Delegado.

A adolescente que foi encontrada no local é irmã das acusadas e foi levada pelas acusadas para cuidar das crianças, sem que a sua genitora autorizasse. Por esse motivo, as duas acusadas também responderão por subtração de incapaz.

Em depoimento, as acusadas negaram as acusações. Com as prisões, o inquérito será concluído e encaminhado ao Ministério Público.

 

FONTE: Polícia Civil do Amapá




NOTÍCIAS JURÍDICAS – POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ – DERCCA – ALERTA aos USUÁRIOS de TRANSPORTE por APLICATIVO ou TÁXI.

Nesse vídeo, o Delegado RONALDO ENTRINGE faz uma alerta sobre os cuidados que os usuários de transporte por aplicativo ou táxi devem ter ao utilizá-los.

Não se cale. DENUNCIE!

Delegacia Especializada de Repressão ao Crimes praticados Contra Criança e Adolescente (DERCCA)

Polícia Civil do Estado do Amapá em defesa da sociedade.

FONTE: Polícia Civil do Amapá