NOTÍCIAS JURÍDICAS - POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ - DERCCA - INDICIAMENTO - PAI POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL CONTRA FILHAS E NETA - Professor & Coach Delegado Ronaldo Entringe
NOTÍCIAS JURÍDICAS – POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ – DERCCA – INDICIAMENTO – PAI POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL CONTRA FILHAS E NETA

NOTÍCIAS JURÍDICAS – POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ – DERCCA – INDICIAMENTO – PAI POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL CONTRA FILHAS E NETA

POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ INDICIA PAI POR ESTUPRAR 04 (QUATRO) FILHAS E UMA NETA.

 

Nesta segunda-feira, 17, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Praticados Contra a Criança e Adolescente (DERCCA), indiciou um homem de 56 anos de idade, pela prática do crime de estupro de vulnerável.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, no final do mês de outubro de 2019, o indiciado foi denunciado, por uma das filhas, por ter praticado atos libidinosos diversos da conjunção carnal com a própria neta, de 5 anos de idade.

 

“A vítima começou a queixar-se de dor nas partes íntimas, além de vermelhidão no local. A mãe da criança desconfiou que o seu pai (avô da vítima) estaria abusando dela. Ao registrar o boletim de ocorrência sobre o ocorrido, informou que o indiciado já havia feito as mesmas coisas com ela e com suas quatro irmãs, enquanto todas eram crianças. Eu ouvi todas as filhas envolvidas, que, hoje, já são maiores de idade, e foi confirmado que o próprio pai cometeu estupro de vulnerável com as filhas e com a neta”, destacou o Delegado.

Em depoimento, o indiciado negou os fatos.
O indiciado já respondeu judicialmente por estupro em relação à filha que registrou o boletim de ocorrência e, agora, responderá por estupro de vulnerável em relação às outras quatro filhas e à neta.

O Delegado titular da DERCCA informou ainda que, em 2019, concluiu 319 inquéritos policiais, sendo, 175 deles, referentes ao crime de estupro de vulnerável.

 

“O crime de estupro de vulnerável é o mais recorrente contras as crianças e adolescentes, principalmente, no âmbito familiar. Quero que as vítimas confiem no trabalho da Polícia Civil e tenham a certeza de que o autor não ficará impune. Além disso, quero deixar um alerta sobre a prescrição nesses casos, que é de 20 anos, ou seja, mesmo que a vítima já tenha atingido a maioridade, poderá realizar o registro da ocorrência para que o fato seja apurado criminalmente”, finalizou o Delegado.

Delegado de Polícia Ronaldo Entringe Titular da Dercca

 

FONTE: Polícia Civil do Amapá

 

0 0 vote
Article Rating
Compartilhar:

Professor & Coach Delegado Ronaldo Entringe

O Delegado Ronaldo Entringe é um estudioso na área de preparação para Concursos Públicos - Carreiras Policiais, e certamente irá auxiliá-lo em sua jornada até a aprovação, vencendo os percalços que irão surgir nesta cruzada, sobretudo através do planejamento estratégico das matérias mais recorrentes do certame e o acompanhamento personalizado.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Quer saber tudo sobre concurso?
Receba os nossos conteúdos e fique atualizado para não perder nenhuma oportunidade